What it takes to produce an apartment…

Junho 21, 2013 in MY WORLD OF INTERIORS

FOR A PHOTO SHOOT!

Como vocês devem imaginar, fotografar uma casa requer sempre algum trabalho de produção… não é muito comum chegar a uma obra e acharmos que está 100% “picture-ready”…. pelo contrário….uma casa para estar mesmo fotogênica tem de ser editada… muitas coisas têm de desaparecer do nosso raio de visão antes de serem disparados os primeiros flashes! – Desaparecem umas e aparecem outras…. flores, taças com fruta, um ou outro objeto que pode preencher um vazio…

No dia em que fotografámos o apartamento para a reportagem publicada na Homes & Garden (aqui) , não foi exceção e quando a fotografa espanhola, Monte Garriga, chegou e olhou para mim achou com toda a certeza que lhe estavam a apresentar a empregada das limpezas (sem ofensa). Em muito mau estado, depois de ter passado o dia todo a lavar muitas escadas, muito sujas… tal eram os preparos em que eu me apresentava. Tive a nitida sensação que, quando ela percebeu que eu era a autora do projeto, ficou ligeiramente preocupada, uma vez que tinha intenções de fazer o meu retrato.

O dia tinha começado cedo, na praça, a escolher flores. Depois estivemos a colocar plantas nos vasos da varanda. Ainda andámos a arrastar uma passadeira de corrida (daquelas gigantes) que teimava em querer aparecer nas fotos. O que seria?! … Depois, a fotografa quis fotografar a cozinha… (“mas eu não decorei a cozinha!”…) Still… toca a editar a cozinha, toca e esconder… é um trabalho bastante mais complexo do que por vezes se imagina….

Quando percebi que estava tudo controlado, desapareci de fininho, deixando a Joana, ao leme das operações e fui a casa rápidamente, aproveitando a situação geográfica de sermos praticamente vizinhas, e voltei passados 40 minutos, limpa e cheirosa, com o cabelo lavadinho e com os olhos pintados… A espanhola, olhou duas vezes e talvés esteja, até hoje, a achar que não era mesmo eu, tal foi o ar de espanto com que me fitou. Possivelmente uma irmã gémea em melhor estado…  nem precisava de ser gémea. Uma pessoa com algumas semelhanças mas em tudo diferente da anterior. Até na atitude… sim, não é segredo nenhum que uns saltos altos operam em mim uma revolução na minha auto-estima. E naquele dia, aquela senhora que nunca se tinha cruzado comigo na vida, viu mesmo as duas versões de mim. A “brega” e a “chique”! : )

Só tenho pena de não ter uma foto minha desse dia da versão mais trabalhadora e transpirada… isso sim, era um grande “antes & depois”! – De qualquer forma deixo-vos com alguns “Insta-moments” de pormenores…. pequenos detalhes de uma sessão fotográfica! Espero que gostem!

Sou a unica que tenho esta sensação que existem duas versões de mim? Para não dizer 3 ou 4… ??? Ou sofremos todas do mesmo mal?? Que nem chega a ser um “mal”… diria mais…uma “situação”:.. ? : ) Vou gostar de ouvir a vossa opinião!

UM BEIJINHO,

MARIA

In English

As you can imagine, shooting a home always requires some production work … it’s not very common to find a home that’s 100% “picture-ready” …. quite the opposite …. a house to be photogenic and ready to be photographed has to be edited … many things have to disappear from our field of vision before the first flashes are taken! – Disappear with ones and appearing with others …. like flowers, bowls of fruit, one or other object that can fill a void …The day the apartment that was photographed for the Homes & Garden article was produced was no exception and when the Spanish photographer arrived at the site and looked at me she thought for sure I was a maid, in a very poor condition, having spent all day washing many dirty stairs … that’s how bad I looked. I got the felling that when she realized I was the author of the project, she was slightly worried as she was supposed to take a portrait of me.

That day started early in the morning at the flowers market. We have also been putting plants in pots at the veranda. We also had  to drag a treadmill  (giant one) who stubbornly wanted to appear in every photo. Not great, right?! Also the photographer decided she wanted to photograph the kitchen … (“But I have not decorated the kitchen!” …) Still … I had to get my hand busy editing the kitchen … this producing job is definitely more complex than you can possible imagined ….

When I realized that everything was under control, I sneaked out,  leaving Joana in charged, and quickly went home, taking advantage of the geographical situation of being almost neighbors with this client, and returned 40 minutes later all cleaned and smelling good, with fluffy hair and some make-up … The Spanish photographer, Monte Garriga, looked twice at me and I am pretty sure that, to this day, she is probably not sure about the fact that it was me indeed that she took the portariast picture off. A twin sister in a better shape maybe … or not ever a twin. A somehow similar looking person but in all so different from the previous one. Even the attitude … yes, it’s no secret that high heels operate a true miracle on my self-esteem. And that day, this lady that had never crossed my path before, got to meet the two versions of me. The “tacky” and “chic”! 🙂

I am just sorry I don’t have a picture of me in that first mode … that would be a truly  great “before & after”! – Anyway I leave you with some “Insta-moments” of details …. different moments of a photo shoot! Hope you like!

Am I the only one who has this feeling that there are two versions of me? Not to say 3 or 4 … ?? Don’t we all suffer from this same problem? That’s actually not even one “problem” … I would say more … of this “situation” .. ? : ) Let me know your though on that!

XOXO,

MARIA