Vamos lá então comentar a amiga Amal…

Outubro 8, 2014 in FASHIONABLE

Amal Alamuddin Amal Alamuddin

Achavam que eu sou tão distraída, tão distraída que nem tinha dado conta que o nosso amigo George tinha casado?? – Enganem-se… que eu até posso não ter tempo para comentar, mas ando atenta! Para além de que não houve uma capa de uma revista que não tenha dado o máximo destaque ao casamento portanto imagino que, neste momento, se perguntarmos a qualquer um dos nossos maridos, mesmo que sejam homens para só comprar a Bola e o Record, eles nos saibam dizer com alguma precisão que o ator George Clooney se casou em Veneza com uma rapariga Libanesa, de boas famílias. Uma advogada de sucesso com fama de ser milionária. Os mais atentos muito provavelmente saberão até que as festividades do casamento se multiplicaram por um fim-de-semana alargado, com uma grande azafama de veste e despe, entra para o barco, sai do barco… põe chapéu tira chapéu. Que maravilha! Um sonho para a imprensa que teve assunto para 15 dias.

Para o seu casamento com o George Cloney, Amal Alamuddin foi exibindo diferentes kits, todos eles giríssimos… Um vestido de riscas Dolce & Gabanna, um vestido com flores bordadas Giambatista Valli, um conjunto calça e top com chapéu branco Stella McCartney e um  vestido encarnado e preto McQueen…

Eu tenho de vos confessar que fui vibrando com todas as imagens que a minha assistente me ia mostrando com a precisão de segundos em que iam aparecendo na internet. Quando a vi com o kit Stella McCartney branco com aquela capelina maravilhosa fiquei rendida. Achei-a a noiva mais cool dos últimos tempos… Mas depois, tal como imagino que tenha acontecido com muitas de vocês, lá fui percebendo que ainda não era aquele O Vestido. Também me entusiasmei com o Giambatista curto… também ainda não era Aquele. Uma festa cigana, portanto. Mas quando é que a rapariga vem finalmente de noiva?!

george clooney wedding

E pronto, lá apareceu na capa das revistas People e Hello com um vestidinho de noiva Oscar de la Renta. Estava linda, não há duvida. Mas não estava memorável. Daqui a uns anos, ninguém se vai lembrar da noiva Amal num vestido de renda com decote em barco. Vamos todos recorda-la com aquele maravilhoso chapéu de abas branco com uma fita preta, pelos canais de Veneza…

Eu até percebo que depois de vários dias em festa ela quisesse acabar com “O Vestido”. Mas acho que podia ter sido mais giro, mais original, diferente de tudo, mais irreverente, com mais personalidade. Achei o vestido bonito. Mas foi só mesmo isso… Não havia nada de extraordinário naquela foto. A não ser… o noivo! Que neste caso, eclipsou ligeiramente a nossa bonita Amal…

Não leves a mal, Amal, mas tivera eu podido dar-te umas dicas… este seria um dos vestidos possíveis para o teu casamento. Acho que teríamos todas gostado mais de perceber que eras uma noiva um nadinha mais irreverente e original. Eu sei Amal, não deve ser fácil seres tu neste momento em que todas as mulheres do mundo se sentem no direito de te escrutinar. Por isso quero que saibas uma coisa… Quando te vi pela primeira vez pensei… é desta que o nosso Clooney se casa! Acho-te a maior brasa e tens ar de que ninguém faz farinha contigo. És o que eu costumo chamar… Uma Pintosa! – Mas o vestido podia ter sido um nadinha melhor. É só isso…

wedding dress

UM BEIJINHO,

MARIA

P.S. Vá… as que adoraram o vestido não se zanguem comigo!