United Colors of… Maria Barros Home!

Novembro 7, 2013 in MY WORLD OF INTERIORS

Tal como vos tinha prometido, deixo-vos hoje com uma extensa reportagem fotográfica sobre aquela sala que a Adore publicou na semana passada. Não vou exagerar se vos disser que tirámos estas fotos em praticamente meia hora. Como podem perceber, à parte de duas grandes folhas verdes, não existem flores naturais neste ambiente. Não tive trabalho nenhum de produção, senão o de chegar e deixar a Teresa Aires fazer aquilo que ela faz de uma forma espontânea e deliciosa… sem tripés, nem luzes artificiais, só ela e a sua Nikon… capturar a alma do espaço de uma forma absolutamente única.

Era um sábado de manhã e até aquele vulto que podem ver na primeira foto não foi muito planeado… era mesmo a Clarinha que quis ir comigo e que como qualquer criança de 9 anos, não parou quieta. De toda a sessão esta é a minha foto preferida. Inesperada mas cheia de movimento, luz e cor. Também é a fotografia preferida da Clarinha… porque será?! : )

Bem, cor, é mesmo o que não falta nestes espaços. Mas curiosamente, se repararem , todas as peças coloridas são pequenas e moveis. Se tirarmos a esta decoração as almofadas, os pouffs marroquinos e algumas peças decorativas, sobra-nos uma tela branca e azul. Praticamente monocromática. Esta ilusão de uma explosão de cor foi dada pelos pormenores e pequenos detalhes, o que, em decoração, não deixa de ser um exercício engraçado de se fazer. – Muitas vezes as pessoas pensam que eu, por gostar de cor, parto logo para pintar grandes superfícies de parede e usar papeis ou tecidos garridos… mas, na grande parte das vezes crio bases muito sóbrias e monocromáticas e só no fim acrescento os detalhes que podem marcar os projetos como sendo extraordinariamente coloridos.

Quando coloquei uma foto destas no INSTAGRAM, houve logo uma senhora que se insurgiu contra os sofás brancos. Então passo a explicar… sou mãe de duas crianças que apesar de já terem 12 e 9 anos, ainda ontem eram dois bébes que entornavam tudo em todo o lado. Eu sei que sofás brancos são bons só mesmo naquelas casas em que não existem cães, crianças e maridos que lêem o jornal. I know that!! – Estes sofás são revestidos de uma pele artificial que uso bastante em projetos, porque é 100% lavavel e porque imita a pele verdadeira na perfeição. Pensem sempre, sou mãe e mulher. Vivo com uma cadela Jack Russel daquelas que se rebola na terra e brinca com pedras. Eu sei o que é pratico e o que não é pratico numa casa. Belive me! : )

A minha principal preocupação ao desenvolver este projeto foi, depois de conseguir disfarçar janelas desencontradas e um formato de divisão em trapézio, tornar o espaço acolhedor, confortável e feliz! – A imagem de um casal jovem com dois filhos. Apaixonados por viajar, a sua prioridade é conhecer para além destas fronteiras, abrir os horizontes e desbravar culturas. Desde a Asia à America do sul já andaram um pouco por todo o lado. Só assim se explica esta abertura total e sem um pestanejar de hesitação a um projeto destes! – Obrigada por me terem deixado fazer a sala exatamente como a projetei, sem tirar nenhuma virgula. Ficou linda!

À parte da questão dos sofás brancos, que está respondida, cá estarei para esclarecer alguma duvida ou questão que tenham! – Espero que tenham gostado e que este post possa ter sido uma inspiração.

UM BEIJINHO,

MARIA

 In English

As promised, today I’m sharing the full photo report of that living room that Adore Maganize posted last week. I won’t be exaggerating if I tell you that we took these photos in just half an hour. As you can see, apart from two large green leafs, there aren’t any natural flowers. I didn’t have to do any production work, rather than arriving at the place and let Teresa Aires do what she does best, in such a spontaneous and delightful way… no tripods, no artificial lighting, just her and her Nikon… capturing the soul of the space in a absolute unique way.

It was as a Saturday morning and even that figure that you can see on the first picture wasn’t really planned… it was in fact Clarinha, that wanted to come with me, and like any 9 year old, didn’t stop for a minute. From all the photos, this is my favorite one. Unexpected and full of movement, light and color. It is also Clarinha’s favorite… I wonder why?!

Well, color is really something that’s not missing is these spaces. But, curiously, all the colorful pieces are small and moveable. If you take the cushions, the Moroccan poufs and some decorative items, all you get is a blue and white canvas. Almost monochromatic. This illusion of an explosion of color was given by the small details, which in interior design, could be an interesting thing to give it a thought! Many people assume that, just because I love color, I always start by painting large wall surfaces or use extremely colorful fabrics and wallpapers… in fact, most of the time, I create sober and monochromatic bases and only at the end, add the details that can make any project extraordinarily colorful.

When posted of a picture from this project on Instagram, there was a lady who spoke out against white sofas… so… I’ll explain. I’m a mother of two kids, and although they’re 12 and 9 years old now, it’s almost as if it was yesterday that they were just two babies, spilling everything everywhere. I know that white sofas are only good in those houses where there are no dogs, nor children and husbands that read the newspaper… I know that!! These sofas are coated with artificial leather, that I use a lot, because it is 100% washable and also it imitates real leather perfectly. Always consider that I’m a mum and a wife. Besides, I live with a Jack Russel, which likes to wiggle on the ground and play with rocks. I know what’s practical and what’s not practical in a house! Believe me!

My main concern, developing this project, after disguising the mismatched windows and the trapezoidal geometry of the room, was to create a cozy, confortable and happy room. – The image of a young couple, with two kids. Passionate about traveling, their priority is to know beyond the boundaries, broaden their horizons and know different cultures. From Asia to South America, they’ve been everywhere. I guess this explains their total opening to this project! Thank you for letting me do this room exactly as I projected it, without changing a thing! It turned out beautifully!

Aside from the question of the white sofas ,that I already answered, I’ll be here to clarify any other doubts or questions that you might have! – I hope you enjoyed this post, and that may this have been an inspiration.

XOXO,

MARIA