Um escândalo chamado PIPOCA

Março 2, 2013 in JUST MY OPINION

Nada como um bom escandalosinho cibertauta para alimentar a sede de disparate que fervilha neste pais. – Há dois ou três dias liguei o Facebook e dei de caras com um aparato de posts a crucificarem a blogger Ana Martins por ter publicado no seu espaço pessoal uma legenda humorista sobre a forma como uma menina que foi à cerimonia dos Óscares estava vestida…

“E pronto, não é preciso procurar mais, está escolhido o terror da noite. Esta pequena, de seu nome Sofia Alves (podia perfeitamente ser a nossa Sofia Alves, que também é uma bimbalhona do pior) teve um surto de febre e, em delírio, decidiu apresentar-se assim na passadeira vermelha. Collant opaco, saia da Pimkie, uma camisola básica da H&M e o gorro do irmão mais velho que assalta carros à noite. Estou de boca aberta”
 
A minha curiosidade levou-me ao blog A Pipoca Mais Doce. Encontrei o tal post sobre os vestidos dos Óscares que me pareceu que era assumidamente humorístico, sem qualquer pretensão de ferir susceptibilidades fosse de quem fosse. Claro que a referencia à Sofia Alves já tinha sido estrategicamente (e bem) retirada do rol de imagens da passadeira vermelha dos Óscares 2013 (pelo que percebi esteve 5 minutos on-line, só até a blogger ser advertida por uma leitora que a menina em questão não só era portuguesa como também teria sido paciente do IPO e tinha chegado à passadeira vermelha através do programa Make a Wish que ajuda doentes com doenças complicadas a realizarem sonhos)
Encontrei sim um pequeno texto em que tentou explicar o que se tinha passado  e onde deixou um pedido de desculpas publico à Sofia.

Tudo me pareceu bem e educado e não encontrei nada que justificasse o despautério dos insultos à autora do blog. Obviamente se não fosse um blog com tanta visibilidade as repercussões teriam sido mais suaves, mas a “mulher mais invejada de Portugal” (Segundo um concurso organizado on-line em 2009 pela Delta Cafés) – neste momento sofre as consequências disso mesmo – o veneno da inveja! – Coisa, que infelizmente abunda neste pequeno rectângulo de terra à beira mar plantado.

Se é verdade que o gene da inveja faz parte do ADN então começo a acreditar que em Portugal, exatamente por ser um dado genético, acaba por existir uma maior condensação desta condição. Da mesma maneira que temos uma predisposição para a nostalgia do fado e para os olhos castanhos. Mais ainda numa altura de maior stress social, como aquela que passamos… este mal vem à tona como a nata no leite. Não se consegue esconder. Mais fracassos e mais insucessos resultam num maior grau de inveja. E é mesmo só esse o problema. Ninguém está realmente preocupado com as Sofias Alves (nem a menina que foi a Hollywood cumprir um sonho, nem com a actriz que vai mover um processo em tribunal à jornalista Ana Martins). A maior parte destes comentários desagradáveis e tóxicos vêm de pessoas que encontram na internet e no Facebook um canalizador para as suas frustrações, para a sua acidez e para a inveja que têm de quem vai fazendo por si, que tem sucesso, que até já tem uma voz e a quem a vida parece sorrir, como é o casa da autora do blog.

Digo-vos com sinceridade que até estranhei o telejornal não ter convidado a jornalista para um linchamentosinho publico em prime-time… Isso, sim, teria sido, mais uma vez, Portugal no seu melhor!

E dito isto e porque vos tinha dito que hoje seria dia de, também eu, dizer mal de qualquer coisa, o texto que se segue é um posts sobre MY WORST FROM THE OSCARS 2013….