The world’s Greatest Dad – Robin Williams

Agosto 15, 2014 in MOVIES & PLAYS

Robin Williams

Robin Williams

 

“Costumava pensar que não havia nada pior do que acabar a vida sozinho. Mas há. O pior que nos pode acontecer na vida é acabar rodeados por pessoas que nos fazem sentir como se estivessemos sozinhos.”

CITAÇÃO DO FILME – “THE WORLD’S GREATEST DAD” – 2009

No Domingo à tarde, acabados de chegar de férias e ainda com vapores de cansaço da viagem, eu, a Clarinha e o Salvador, decidimos fazer uma coisa que adoramos e que só fazemos quando o pai não está… passámos o domingo de pijama! É um dos top programas cá de casa, por mais incrível que vos possa parecer. Como qualquer “Domingo de Pijama” que se preze, teve direito a filme do club de vídeo, neste caso da Zon, e, como sempre, tentámos ser consensuais na escolha. Depois de algum debate… acabámos por ver um filme que adorámos e que deixou muito que pensar. Chama-se “The world’s Greatest Dad” e terá sido um dos últimos e mais importantes filmes da carreira deste homem brilhante que, mal sabíamos nós, morreria poucas horas depois desta visualização. – Mal podia acreditar quando, na 2a feira, comecei a ver as primeiras imagens a aparecerem no meu Instagram. Tinha morrido Robin Williams. De uma forma bizarra, a realidade confundia-se com a ficção e o actor que no filme que eu tinha visto no dia anterior vivia o personagem de um escritor deprimido a quem morrera um filho por motivos de suicídio por asfixia… morria, ele próprio, deprimido e sob sérias desconfianças de suicídio. O mesmo tipo de suicídio que matara o seu filho na ficção.

Só vos posso dizer uma coisa. Se gostavam de Robin Williams e por qualquer motivo não viram este filme, aluguem-no. Está na Zon. Não sendo um filme fora de série, é uma das melhores interpretações que vi deste extraordinário ator. Ele faz o filme. Faz tudo. E a mensagem é poderosíssima. E curiosamente trata do fenômeno do endeusamento depois da morte, coisa, que pelo que tenho visto cada vez que abro o feed do Facebook lhe aconteceu a ele. Até frases que pertenceram a personagens que interpretou (como esta) lhe estão a ser atribuídas a ele como se tratasse de um génio do conhecimento. Vale mesmo a pena verem o filme!

Deixo-vos com o trailler…

Espero que tenham um ótimo fériado de Agosto! – Por estes lados nem faço grandes tenções de sair de casa…

MARIA