The Best of Megéve – Part #1

Abril 2, 2013 in GLOBETROTTER, LET'S EAT!

VIN CHAUD – O SABOR DE MEGÈVE

Deixo-vos com o meu primeiro momento “Instagram” desta minha Viajem aos Alpes Franceses – Razão pela qual não dei à costa nos ultimos dias…

Hoje, quando “aterrei” na realidade e voltei a ligar o computador ao fim de 10 dias, não faltaram algumas mensagens no Facebook a perguntar se andava com tanto trabalho que não me sobrava um minuto para o blog. Até vos podia dizer que sim, mas a verdade é que estive desligada da realidade porque estive a descansar e a usufruir da companhia da minha família que é tudo o que mais gosto de fazer nesta vida! – Trabalhar é bom mas fazer ski e brincar ao American Idol com a Clarinha e com o Salvador, entre muitas outras coisas, é bastannnte melhor! : )- Devia ter feito um mini post de despedida, mas os dias que antecederam a semana, esses sim, foram de pura loucura e uma pessoa só consegue fazer o que consegue fazer. E como acho que todo o mundo já tem Instagram (quem não tem essa aplicação no telemovel, pode sempre ir espreitando por onde ando aqui mesmo no blog) vou postando fotos de momentos divertidos e fico a achar que estou perfeitamente conectada com tudo e todos! – Sorry! – Isto é, acima de tudo, um bocadinho de falta de habito desta dinâmica de “blogar”…

E porque a primeira foto das férias é esta que aqui publico, vou começar pelo principio. Para mim, Vin Chaud, foi amor ao primeiro golo por isso tornou-se mais um dos meus bons vícios – O que pode ser mais reconfortante, depois de uma manhã ou tarde na montanha, que beber um copo de vinho tinto quente à moda dos Alpes?! – Para mim, chegar a Megève e pedir um copo de vinho quente é como chegar a Formentera e beber um Mojito! – Faz parte do pacote e põe-me imediatamente no mood certo! – Mood: neve, frio, montanha, gorros de lã, moonboots, luvas e familia ultra feliz com a antevisão de pistas carregas de neve e muitas descidas e brincadeiras!

Quando estou em casa, faço muitas vezes Vin Chaud, especialmente naquelas noites frias ali perto da altura do Natal. Seja como for, este ano, a coisa está preta e o frio teima em ficar, por isso, se sentirem vontade de um aconchego extra numa noite de chuva e temperaturas bem abaixo do expectável para esta altura do ano, abram uma garrafa de vinho tinto e embarquem na aventura do Vin Chaud!

A MINHA RECEITA DE VIN CHAUD

  • 1 garrafa de vinho tinto
  • 6 rodelas de laranja cravejadas de cravinho (6 botões por fatia de laranja mais ou menos)
  • 6 paus de canela
  • açúcar mascavado a gosto (eu ponho umas 12 colheres de sobremesa, mas sou gulosa!- vou já avisando)
  • Aquecer numa panela durante algum tempo até atingir a temperatura pretendida. Não tem grande ciência, mas sabe pelo céu!
  • Serve-se de preferencia em copos de vidro com asa.

Só por curiosidade… esta bebida que é tão popular em toda a Europa, começou a sua tradição no século I em Itália. Foram os Romanos os primeiros a servir o vinho tinto quente condimentado com especiarias. Realmente estes Italianos, acertam sempre com receitas tão simples! : )

Alguém ficou já com vontade de abrir a primeira garrafa?? Quem entrou no espirito do Chalet Alpino??

 

In English

Today, just after “landing” back in real life,  I turned on the computer after 10 days, and there were some messages on Facebook asking if I was so busy with work that I had no time for the blog. So I could say yes, but the truth is that I was disconnected from reality because I was resting and enjoying the company of my family wich is my favorite thing in life! – Work is great but playing American Idol with Clarinha and the Salvador is sooooo much better! 🙂 – I probably should have left a mini farewell post, but the days leading up to that week, were of pure madness and a person can only do what a person can do. And as I think the whole world has already Instagram (those of you who don’t have yet the application on your mobile phones, can always check it right here on the blog) I am constantly posting fun pics on it as picture diary  and somehow I fill like I am connected with everyone! – Sorry! – This is, above all, me not being very familiarized with the dynamic of a blog just yet!

Today I leave you with my first “Instagram” picture of this trip to the French Alps!

For me, Vin Chaud, was “love at first seep” therefore became another one of my good addictions – What can be more comforting after a morning or afternoon on the mountain, that drinking a glass of warm and sweet red wine?! – As I see it, getting to Megève for a glass of  mulled wine is like arriving in Formentera and drinking a Mojito! – It’s part of the package and immediately puts me in the right mood! – Mood: snow, cold, mountain, wool hats, moonboots, gloves and a ultra happy husband and kids!

When I’m at home, I often make Vin Chaud, especially on those cold evenings around Christmas time. But as this year, the weather insists on just staying cold, you will probably enjoy an extra warmth on a rainy and shill evening. If so, just open a bottle of red wine and embark on the adventure of the Vin Chaud!

MY RECIPE FOR VIN CHAUD

  • 1 bottle of red wine
  • 6 orange slices studded with cloves (6 buttons per slice of orange more or less)
  • 6 cinnamon sticks
  • brown sugar to taste I put about 12 teaspoons, but I just love sweets!
  • Heat in a pan for some time until it reaches the desired temperature. There is no great science about it!
  • Serve preferably in glass cups with an handle!

Just by curiosity  … this popular drink across “cold Europe countries”, began its tradition in the first century in Italy. Romans were the first to serve hot spiced red wine with spices. Really… these Italians, always hit it with the most simple but great recipes! 🙂

Someone is already willing to open the first bottle? Who entered the spirit of the Alpine Chalet?