Da Imaginação à Realidade (Ficha Técnica #1)

Março 19, 2015 in MY DESIGNS, MY WORLD OF INTERIORS

Arima

A arte da Marcenaria, tal como a conhecemos, pode estar em vias de extinção. Os antigos marceneiros foram sendo substituídos por fábricas e linhas de montagem massificadas. Nos dias que correm, maior parte das pessoas, quando está a fazer uma decoração, recorre a um take-away de mobiliário com muito mais facilidade do que a um Fornecedor Gourmet.  Já são poucos os casos em que as peças são sonhadas, imaginadas, pensadas, desenhadas e executadas para um determinado fim com um determinado propósito.

O marceneiro é o homem que lê os nossos desenhos e faz com que uma ideia se torne real. Através da sua arte, um desenho passa do papel para vida em poucos passos. Um bom marceneiro até consegue fazer milagres se estiver para lá virado. E foi isso que a Marcenaria Arima fez no caso particular dos quartos da Clara e do Salvador. E é essa mestria, já rara nos dias que correm, que faz a diferença entre uma “decoração de aviário” e um projeto feito por medida.

Obrigada ARIMA por ter contribuido de uma forma tão especial para que estes dois quartos resultassem 100% originais!

Foram executadas pela Marcenaria Arima as duas secretárias, as estantes de parede que foram colocadas por cima das secretárias, a cama do Salvador e a grade (biombo fixo) do quarto da Clarinha. Foi também a marcenaria Arima que recuperou a Vanity Table que já existia no meu quarto e que agora está no quarto de vestir da Bu.

Para mais informações 

Arima

Travessa do Malaquias 10A

Pedras Altas 1685-591 Caneças

219 803 202

 geral@arima.pt

www.arima.pt

beijinhos

Os Projetos dos Quartos

Março 16, 2015 in MY DESIGNS

Quarto Clarinha

Vamos lá então voltar aos Quartos, antes que eu tenha medo de sair à rua… 😉 – No outro dia, no Cascais Shopping fui abordada por uma “viciada” que se dirigiu a mim (graças a Deus com um largo sorriso na cara) com um efusivo… “Então e os Quartos dos Pequenos??!! Para quando as fotos??”… Desculpem lá a demora! – Vamos então, rapidamente, retomar o assunto…

Quartos Clara & Salvador

Quartos Clara & Salvador

No quarto da Clarinha comecei por dividir o espaço em duas áreas distintas através da construção de um murete com um biombo fixo de madeira. (9) Desta forma conseguimos uma zona mais privada perto dos armários existentes (agora com espelhos aplicados nas portas) que foi pensada para ser um “Quarto de Vestir”. Ao mesmo tempo, ganhámos mais “duas paredes”… De um lado encostámos a cama (6) e do outro encostámos uma vanity table (10) antiga que costumava estar no meu quarto e que foi recuperada, para ficar agora no quarto da Clara. À falta de espaço nas laterais da cama com 1,40 mt de largura (que deita muito comodamente duas pessoas), decidi colocar um par de Garden Stools (7) cor-de-rosa que servem, na perfeição, de apoio durante a noite. Os candeeiros de leitura ficaram fixos à estrutura do biombo.

Uma das peças de grande destaque do quarto acabou por ser a cômoda antiga (5) recuperada pela Rita Zilhão. [AQUI] Mesmo em frente à cama e num ângulo mais escondido de quem entra no quarto temos a secretária feita por medida pela Marcenaria Arima. Desenhada por nós, aqui no atelier, e executada em tempo record, esta secretária e as prateleiras superiores (3) em mdf lacado são as duas peças mais práticas deste quarto que ajudaram a criar um importante retiro de estudo. A cadeira (4) estofada com IKAT de bolas rosa MB Home foi mais uma das nossas reciclagens. Já existia em minha casa há anos. É um modelo que usamos muito aqui no atelier porque é hiper confortável, tem braços e as costas são baixas. Chamamos-lhe Charlotte.

Mesmo em frente à porta está agora um móvel alto (1) com portas inferiores e prateleiras. A ultima das nossas reciclagens. Um armário antigo que ganhou uma vida nova com estas riscas largas amarelas e brancas. As riscas foram pensadas para baterem certo com as riscas cor-de-rosa das paredes e resultou na perfeição.

O tapete que vêm em planta é um desenho nosso, Tropical Bliss by Maria Barros Home. Feito por metodos artesanais e 100% lã, acaba por ser um dos pormenores mais requintados deste quarto de princesa (moderna)!

Quartos Clara & Salvador

Quartos Clara & Salvador

Quartos Clara & Salvador

Quartos Clara & Salvador

Quarto Savador

Quartos Clara & Salvador

No quarto do Salvador fizemos menos alterações, como vão perceber…

A minha principal preocupação começou por ser colocar, algures no espaço, uma mesa de matraquilhos (2) que o Salvador herdou do pai e que há muito queria que fizesse parte do seu quarto. Por (querida) coincidência estes matraquilhos tinham sido o presente dos 13 anos do Rui e acabaram por chegar à vida do Salvador exatamente com a mesma idade. Ou seja, no ano zero da sua tenra adolescência.

Na planta podem ver identificado com o numero (1) um meio pilar falso que foi construído para equilibrar outro que já existia do outro lado da parede. Desta forma, criamos uma simetria, “dividimos” o espaço  para que a mesa de matraquilhos ficasse numa area demarcada que, neste caso, revestimos integralmente a madeira. Já me perguntaram porquê. Porque num quarto em que a decoração foi deixada muito simples e depurada estas paredes revestidas a soalho dão-lhe uma textura diferenciada e são ultra resistentes a pancadas e raspões, o que, perto de uma mesa de matraquilhos, já provou ter algum valor prático.

Também apoiada nesse pilar surge a mega secretária (7) do Salvador com duas prateleiras superiores executadas pela Marcenaria Arima através de desenhos do atelier. Muito parecidas entre si, estas duas secretárias (muito maiores que as existentes no mercado) têm a principal função de serem práticas e eficientes. No limite, com trabalhos de grupo, podem trabalhar mais do que uma pessoa lado a lado e nas prateleiras não falta espaço para livros e mais livros. Curiosamente, tanto a Clarinha como o Salvador não quiseram que os seus livros antigos (todos já lidos) transitassem para os novos quartos o que me deixou (a mim), somehow, perplexa e deixou as prateleiras vazias. Seja como for confesso que gosto desta ideia de perceber que os meus filhos praticam o desapego que eu tanto “professo”. ( A Clarinha já foi dar os seus livros já lidos à Dejá Lu. Agora só falta lá ir com o Salvador! )

A cadeira de secretária (6) é, tal como no quarto da Clarinha uma antiga Charlotte reciclada e estofada de novo. A cama foi desenhada para ter um ar de estrado. Em MDF lacado de branco, muito simples, acabou por ser a peça preferida do Salvador. Acho que,por ser tão baixinha, ficou com ar cool de chill-out e ele adorou.

Uma cama destas (5) não podia ter uma mesa de cabeceira tradicional, por isso umas malas de lata pitadas (antigas malas de viajem indianas) empilhadas (4) acabaram por ser o apoio perfeito para a noite. – Também não pedia uma cabeceira de cama tradicional por isso acabámos por deixar apenas 3 grandes almofadões de linho em chevron fazer as vezes de cabeceira. Desta forma deixamos todo o protagonismo para o grande graffitti na parede. Sem qualquer duvida, o detalhe mais divertido deste projeto.

Num canto, já mais esconso, perto do armário ficou o Pouff Balão (8) que é a alegria da pequenada! – Estes poufs são tão confortáveis que eu própria confesso uma certa inveja quando chego lá  a cima e os encontro, aos dois, esparramados e enterrados nos seus gigantes balões!

Quarto do Salvador

Quartos Clara & Salvador

Slide4

Penso que esta minha explicação, as fotos do ANTES e todos os desenhos (planta e alçados) dos projetos vos vão ajudar a compreender melhor as fotografias do DEPOIS , a localizarem-se no espaço e a entenderem de uma forma mais evidente todas as mudanças que foram feitas.

Tinha prometido um “passo-a-passo” bem explicado. Espero que tenha estado à altura das vossas expetativas! – Se tiverem questões que queiram ver respondidas, deixem-nas em baixo nos comentários.

Voltem amanhã para a reportagem fotográfica!

beijinhos

DSC_1135

(Bem) Feito por medida

Janeiro 21, 2015 in MY DESIGNS

Arima Marcenaria

Voltando aos projetos dos quartos da Clara e do Salvador que, na verdade e em tempo real, já estão praticamente terminados, queria contar um pouco como decorreu a parte da execução do mobiliário desenhado especificamente para cada um. Como já vos disse, houve alguns móveis que foram recuperados e alterados para o caso, como foi o caso da “cómoda velha armada em boa” (e outros que vos contarei)  mas também fazia sentido desenhar e executar algumas peças que preenchessem completamente o propósito com que foram projetadas. O caso das duas generosas secretárias, foi um exemplo… Não é fácil encontrar secretárias, já feitas, com estas características… tampos fundos e largos e com muitas gavetas para arrumação. Ao fim de muitos anos com secretárias pequenas (os dois) estávamos todos (incluindo eu) ansiosos para os ver estudar e fazer os trabalhos de casa com mais espaço. A verdade é que, a partir de agora, o número de livros terá sempre tendência para aumentar e esse era mesmo um dos maiores problemas dos quartos existentes.

Outras peças que foram desenhadas e mandadas executar foram as estantes de parede (ambas projetadas para serem penduradas na parede por cima das secretárias). Não é fácil encontrar estas estantes já feitas, muito menos com as medidas que precisávamos. A do quarto da Clarinha tem a particularidade de ter uma grade nas laterais o que a torna mais leve e feminina. A do Salvador é bastante mais simples e “arrapasada”… como seria de esperar.

Como acontece, muitas vezes, quando temos peças a serem executadas na Marcenaria, um dia, ainda antes do Natal, passei pele ARIMA (marcenaria que tem colaborado conosco nos últimos anos) para ver como os trabalhos estavam a andar….

Naquele dia a estante do quarto da Bu estava em estufa a ser lacada de branco…

Arima Marcenaria

Arima Marcenaria

Arima Marcenaria

E a grade em cruz que irá funcionar neste novo quarto da Clarinha como uma divisória fixa de espaço (criando um quarto de vestir que não existia) estava ainda na fase final de construção…

Arima Marcenaria

Ver um desenho tomar forma e vida é sempre um momento feliz na rotina de um designer. A troca de ideias entre quem desenha e quem executa uma peça é a melhor forma de chegar à solução ideal e poder fazê-lo é um privilégio para uma profissional que trabalhe em Design de Interiores. Encontrar, nos dias que correm, profissionais com alto nível de qualidade, entusiasmo, profissionalismo e abertura total para o dialogo é uma benção. Já trabalho na area da Arquitetura de Interiores há anos suficientes para saber que metade do sucesso do nosso trabalho depende dos profissionais e dos artesãos que nos rodeiam. E com os anos também tenho a noção que maior parte destas minhas visitas às oficinas e ateliers são quase desnecessárias porque tenho a sorte de trabalhar com profissionais que sabem, efetivamente, da sua poda. É o caso da Arima. Uma empresa familiar que se dedica, há já muitos anos, à marcenaria e carpintaria personalizadas. Um verdadeiro luxo, nos dias que correm! – Mas, mesmo assim… de vez em quando lá lhes faço uma visita, como aconteceu naquele dia. Só mesmo para reforçar o que já sei à partida… Os desenhos foram bem interpretados, as peças estavam a tomar a forma certa, as lacagens, feitas na oficina, apresentam uma ótima qualidade… Enfim… Projeto a seguir sobre rodas!

Para além de todos estes predicados, a ARIMA é uma empresa com o charme que só têm as empresas familiares. Fundada pelo Pai, António Pais em 1985, hoje é gerida pela filha Joana Daniel. Se lá passarem terão o privilégio de conhecer toda a família… Pai, mãe e filhas. E serão recebidos, com toda a certeza, da única forma que a família conhece… com a maior simplicidade, profissionalismo e simpatia!

Para conhecerem um pouco mais sobre a ARIMA sigam o link [AQUI] ou entrem em contacto direto através do email  [m. geral@arima.pt] para um pedido de orçamento.

_DSC2412

beijinhos

 

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: