De volta à realidade…

Abril 1, 2015 in GLOBETROTTER

Megève 2015

De volta à nossa querida terra e a esta primavera de sonho! E sim, apesar de ter estado trancada em casa desde que cheguei, afaga-me a essência sentir este nosso sol a entrar pela janela.

Lembram-se de vos dizer que, depois da obra no sótão, tinha ficado com vontade de fazer algumas alterações no resto da casa?! Pois… aconteceu! Ou, melhor dizendo… começou! Aproveitei esta semana em que estivemos fora para começar pela parte pior… afagar e envernizar o soalho de madeira no primeiro andar, onde, por acaso, está o meu quarto. Achei que uma semana seria suficiente para encerrar os trabalhos e foi efetivamente mas, infelizmente, o cheiro que a nossa casa tinha quando abrimos a porta no domingo era forte suficiente para aplicar grandes mocas em veteranos do Casal Ventoso. E não, não estou a exagerar. Valeu-nos a corrente de ar que conseguimos provocar com todas as janelas e portas abertas durante o dia mas à noite, mesmo assim o nosso quarto estava impraticável para consumo.

Somem uma casa “envenenada”, muitas correntes de ar a uma proprietária que já vinha constipada. O resultado não podia ser ótimo … Mas pronto, a coisa está a melhorar. Nada que uns chazinhos, uns Brufen 600 e uns Rinialers não curem. O pior é que eu odeio tomar remédios… Mas quando somos “encostadas à parede”, não há cá frescuras holísticas… Quando a coisa aperta a malta lá engole uns químicos e espera que a coisa faça efeito… e rápido de preferência.

Por isso amigas, o regresso não foi fácil mas a barriga veio cheia de tudo de bom. Nem me fica bem estar para aqui com lamechices…

Quem segue a minha conta de INSTAGRAM sabe que tentei ser assídua para compensar a “porta fechada” aqui no blog.  E hoje deixo aqui mais alguns  Instamoments que retratam tão bem esta semana de família, descanso e boa vida.

Como dizem, e bem, os meus filhos, “o que a mãe gosta mesmo é do apré-ski”. Não deixam de ter alguma razão, mas o que eles não sabem é que aqueles almoços na montanha me sabem pela vida, porque tudo o que os antecede e precede é tão especial que acaba por ser a moldura perfeita para momentos de pura felicidade. A verdade é que eu adoro todos os bocadinhos destas férias. Não posso dizer que a gastronomia não é uma parte importante porque estaria a mentir… come-se muito bem naquela terra. Mas não há nada como uma manhã passada na montanha em boa companhia…. nunca serei uma craque no ski mas adoro ser uma medrosa que se supera. Gosto de ultrapassar os meus medos e gosto também da vista, do ar puro e  daquele som tão característico das pistas. O som do silencio. Silencio foi a palavra que me acompanhou em tantos momentos destas férias… apesar das crianças, das conversas, do vin chaud, das gargalhadas e de toda a azafama que envolve esta semana na neve… ficou-me a nostalgia do silencio, de tantos pensamentos que me acompanharam e das músicas que fui ouvindo na minha cabeça. Não houve um dia em que não tivesse agradecido muito ao universo o privilégio de poder estar ali… naquele lugar que eu adoro, na melhor companhia do mundo. Principalmente porque sei que qualquer um deles gosta mais deste programa que eu… São sempre umas férias muito especiais!

Megève 2015

beijinhos

#TBT Our first time in Megève

Março 20, 2014 in #TBT

E mesmo a propósito de hoje comemorarmos o Dia Internacional da Felicidade esta foto, tirada em Março de 2009, é o retrato oficial da primeira vez que fomos tão felizes na neve. A primeira vez que fomos em família para Megève.

Lembro-me como se fosse hoje. A Clarinha ainda mínima … no dia em que chegámos, depois do almoço foi dormir uma sesta e quando a fui acordar, ao passar a minha mão pelas suas pequeníssimas costa, deparei-me com uma grande borbulha, completamente fora de escala. Nessa noite fomos com ela ao médico e aprendemos uma palavra nova em francês… “varicelle”… a semelhança com português não deixou muita margem para dúvidas infelizmente. Juro que quis acreditar por segundos que “varicelle” fosse alergia de pele ou “picadela de mosquito alpino”, mas a verdade foi implacável. Entreolhamo-nos e dissemos um para o outro… “V-A-R-I-C-E-L-A…?! A sério?!” –  de todos os meses do ano, de todas as semanas… a Varicela tinha escolhido aquele dia para “atacar”… o primeiro dia das nossas primeiras férias em família na neve?!….

E mesmo assim, foi uma semana tão feliz! – A Clarinha saía pouco do hotel e eu e o Rui revesavamo-nos entre as minhas manhãs nas pistas e as tardes dele. Nas nossas tardes… eu e Clarinha brincávamos, íamos passear pela vila, comíamos crepes com açúcar e canela, andávamos de charrete e até formos ao cabeleireiro. A Clarinha foi a melhor companhia mesmo doente… quase nunca se queixou. O Salvador, por seu lado, andou sempre entretido entre aulas de manhã e as tardes de perfeita cumplicidade só com o pai… Para ele já não era a primeira vez e estar só com o pai na neve até era a sua “normalidade” por isso não estranhou nada!  Gostámos tanto de Megève que nunca deixámos de voltar. E mesmo este ano, que a Páscoa e o calendário  nos pregaram esta partida, e  entre testes e aulas, lá conseguimos um pequenino “buraquinho” para irmos os 4 para aquele lugar onde sempre nos sentimos assim… felizes!

UM BEIJINHO GRANDE E ATÉ PARA A SEMANA,

MARIA

A prova da cara sarapintada!

In English

This picture is the official portrait of the first time we were so happy in a trip to the snow . The first time we went as a family to Megève .
I remember it as if it was yesterday . Clarinha was so tiny … on the day we arrived after lunch she took a nap and when I woke her up, passing my hand in her small back, I came upon a large bubble , completely out of scale . That night she went to the doctor and we learned a new word in French … ” varicelle ” … the similarity with Portuguese did not leave much room for doubt unfortunately. I swear I wanted to believe for seconds  that “varicelle ” was some kind of a skin allergy , but the truth was relentless . We looked at each other and said  ” … Chicken Pox ! Really ? ” – All months of the year, every week … Chicken Pox had chosen that day to ” attack ” … the first day of our first family holiday in the snow …
And even then , it was an extremely happy week! – Clarinha stayed inside the hotel most of the time and Rui and I took turnes between my mornings in the slopes and his afternoons. In our afternoons together  … Clarinha and I played together , we would walk through the town , we ate crepes with sugar and cinnamon , we took the coach  and we even went to the salon. Clarinha was the best company  … she almost never complained . Salvador, on his end, was entertained between classes in the morning and the afternoons in perfect complicity with dad. We loved Megève so much that we never stopped going back . And even this year, that Easter and the calendar decided to tricked us, and between tests and classes, we managed to find this small ” hole ” so the four of us could go to this spot where we all feel so happy!

SEE YOU ALL NEXT WEEK!

XOXO,

MARIA

 

 

 

 

 

 

 

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: