My Favourite Love Songs #5

Junho 9, 2014 in BOOKS & SONGS

Tenho vindo a dar um numero a cada post sobre Canções de Amor mas não as estou a publicar por ordem de preferência. Apenas quero ir marcando a cadência destes posts e no final conseguir quantificar quantas canções de amor tenho na minha top list. Coisa que, para já e com a maior honestidade, não faço a mais pequena ideia. – Estou a gostar deste exercício de semanalmente me ir obrigando a relembrar uma canção de amor da minha vida. Daquelas que já ouvi vezes sem conta, que fizeram o coração bater mais depressa ou até mesmo quase parar, dependendo de cada caso.

Esta música que O Rei gravou em 1972, semanas depois de se ter separado da sua mulher Priscila Presley, é sem duvida a mais perfeita canção de amor e total arrependimento. A velha história do …” Não te tratei como deveria ter tratado. Não te amei como poderia ter-te amado. Pequenas coisas que poderia ter feito e não fiz. Simplesmente não te dediquei o meu tempo…” – Pois é amigo Elvis… azareco! Essa história repete-se mas a verdade é que normalmente quando se chega aqui já é tarde de mais… A princesa virou fada com asas e voou! Puff…

Por qualquer razão sempre achei que tinha sido escrita por ele, ou para ele, mas já percebi que foi originalmente cantada por Brenda Lee, uma celebridade pop dos anos 50. Mas a verdade é que lhe assentou como uma luva. Na sua história e na sua voz. Ouçam e comprovem a força e o significado que pôs em cada palavra. A Priscila pode não lhe ter dado outra oportunidade mas ouve muita pedra da calçada a soluçar de certeza com este maravilhoso “Always on my Mind”.

Espero que gostem de relembrar esta reliquia!

BEIJINHOS, BOA 2ª FEIRA E BOM FERIADO DE 10 DE JUNHO!

MARIA

Always On My Mind

Maybe I didn’t treat you
Quite as good as I should have
Maybe I didn’t love you
Quite as often as I could have
Little things I should have said and done
I just never took the time

You were always on my mind
You were always on my mind

Maybe I didn’t hold you
All those lonely, lonely times
And I guess I never told you
I’m so happy that you’re mine
If I made you feel second best
Girl, I’m so sorry I was blind

You were always on my mind
You were always on my mind

Carry, tell me that your sweet love hasn’t died
Give me, give me one more chance
To keep you satisfied, satisfied

Little things I should have said and done
I just never took the time
You were always on my mind
You are always on my mind
You are always on my mind