My best and worst from the Emmys…

Setembro 24, 2013 in FASHIONABLE

Eu não vejo series de televisão por isso, para mim, a graça dos Emmys é mesmo a de ver miúdas giras e bem arranjadas na Red Carpet. Maior parte delas nem sei bem quem são nem conheço muito bem os seus atributos artísticos, como é o caso da pequena Zosia Mamet,  por isso a imparcialidade é total. Não estou aqui a analizar atrizes ou personalidades. Mais uma vez é só mesmo uma brincadeira. Vestidos giros e vestidos feios… Quem brilhou e quem se espalhou na passadeira vermelha!!

THE VERY BEST!

Sofia Vergara em Vera Wang

Não há como não adorar esta mulher que chega sempre à passadeira vermelha a distribuir sorrisos e boa disposição. Nesta cerimonia dos Emmys, chegou, não só bem disposta como, linda de morrer, com um vestido Vera Wang que parece que foi feito para favorecer cada curva do seu corpo escultural. A mulher estava um arraso. Vestido, jóias, cabelo, maquilhagem… perfeita!

Rose Byrne em Calvin Klein Collection

Apesar de não a ter visto na passadeira vermelha no canal E!, vi esta foto e não consigo não adorar. Acho que nunca vi uma fotografia desta rapariga que estivesse menos bem. Gosto sempre das suas escolhas apesar de, muitas vezes, não serem as mais faladas. Este vestido é lindo e acentava-lhe como uma luvinha. Muito provavelmente não comeu um azeitona nem bebeu um golo de água todo o serão, mas um dia não são dias, não é Rose?! …. Isso não importa nada quando o aspeto final é este. Imaculado! – Apesar de ter visto muitos vestidos lindissimos, se tivesse que escolher um  para usar numa ocasião especial, muito provavelmente seria este. Adoro esta cor meio coral meio pó de arroz. Um nude sofisticado… LOVE!!!

Allison Williams em Ralph Lauren

Perfeita. Cabelo, maquilhagem, jóias, vestido, atitude. Este azul real que é, mais que, tendencia esta estação faz um contraste maravilhoso com a passadeira vermelha e o resultado é…. foto perfeita!

The NOT SO GREATs…

Claire Danes em Armani Privé

Esta atriz tem sempre um ar requintado e qualquer trapinho lhe fica bem, mas este vestido não a favorecia em nada. Era um vestido muito bonito, com um decote muito feio. Distrai-me este decote. Nem me consigo concentrar no facto que a renda é uma obra de arte. Só vejo um peito espalmado e parece-me um conjunto muito desequilibrado….

Heidi Klum em Atelier Versace

Este mulher é uma deusa e tudo lhe fica bem, mas este vestido estrangulava-a. Literalmente. Ela própria admitiu que se movia com alguma dificuldade e quem a viu sair do carro presenciou um cena bizarra, de tal forma era complicado dobrar-se. Acho sempre um conceito ligeiramente estranho.

Anna Faris em Monique Lhuillier

Este é o caso tipico de um vestido lindo na pessoa errada… Isto numa rapariga que tivesse um bocadinho mais de melanina e talvez outra cor de cabelo, teria sido de cortar a respiração, até porque as jóias Fred Leighton eram maravilhosas. Na nossa amiga Anna, é o verdadeiro erro de casting. A prova que devemos usar o que nos fica bem, que nos favorece e que acentua as nossas melhores caracteristicas e não um vestido giro por ser giro.

THE TOTALY WRONGs….

Zosia Mamet em Honor

Coidadinha desta pequena. Estava mesmo mal. Na passadeira ainda pior que na foto… nem sei explicar. O vestido parece um projeto de algo que ia no bom caminho, mas que no fim, quando era apenas um vestido cai-cai com uma seda estampada, alguém, iluminado, achou que lhe devia acrescentar um babete de tule branco e no fim, para rematar, lhe acrescentou um sutien sem alças em napa preta só mesmo para nos baralhar e para a pequena ficar com um ar completamente desajustado. Enfim…

Sarah Silverman em Deadly Dames

Esta rapariga estava a adorar contar que tinha encomendado este vestido do site Deadly Dames (por sinal pavoroso!) por 60$. Deadly Dames? A sério Sarah?! Wrong, wrong, wrong!! – Um vestido preto quando não é bom, torna-se numa péssima escolha, principalmente num evento destes em as miúdas estão quase todas imaculadas. Há dias em que temos mesmo que nos esforçar um bocadinho…. sorry! Não dês o vestido porque no próximo Carnaval mascaras-te de pin-up dos anos 40 e isso faz um sucesso! Ah, é verdade…  esse sapato, com o salto em arco, é que podes dar a alguém que não gostes muitos. Porque isso, nem no Carnaval….

Lena Dunham em Prada

Bem… por onde é que eu começo? Pelo verde do vestido que realçava o tom de pele macilento? Pela tatuagem ? Pelo corte de cabelo? Ou pelo olho roxo? Parece que levou dois grandes murros nos olhos.. coitada! – Eu confesso que tenho uma pena especial de raparigas que caiem na esparrela de cortar o cabelo à tigela porque eu vivi a minha infância com essa desgraça na cabeça. E o meu cabelo fazia exatamente aquilo que este está a fazer por cima da orelha… virava para fora (só de um lado)! Que nervos… não aguento sequer olhar! – Imaginem o tamanho do meu trauma… ; ) – Mas  fora isso… tudo o resto… my god! – Seria caso para lhe dar um conselho parecido ao que dei à Sarah. Guarda para o Carnaval. Vais vestida de abat-jour que é uma coisa super original e aí sim, vais fazer imenso sucesso!

Bom, nem vou continuar! Não levem a mal, já sabem que estes posts só vêm de vez em quando e é mesmo só para nos inspirarmos com as giras e nos rirmos, um bocadinho, com aquelas que se distraíram. ; )

Happy Autumn for all!

BEIJINHOS,

MARIA