Last night I felt in love with Django!

Fevereiro 4, 2013 in MOVIES & PLAYS

Django Unchained é sem a menor sombra de duvida o melhor filme que já vi de Tarantino desde o seu clássico e celebre Pulp Fiction. Preparem-se para 2:45 minutos que voam como se fossem 15. Não estou a exagerar! – O filme é exemplar em todos os aspetos. A história é maravilhosa. Fala-nos de racismo numa america sulista retrogada no final do século XIX, ao mesmo tempo que nos conta uma história de coragem, bravura, segundas oportunidades e amor. Mas, na verdade, é ainda mais. É o resultado de um casting exemplar, uma história perfeita, personagens incríveis, desempenhos fabulosos. Apesar de ser dificil esolher qual deles o melhor, Chrisloph Waltz é sem duvida a grande estrela do enredo, mais uma vez a brilhar de uma forma indiscutível num filme de Tarentino. Como quase sempre nos filmes deste realizador somos brindados com uma banda sonora brutal. O filme é épico! – Ri-me mais vezes do que imaginei! Mesmo durante as cenas mais violentas, existe sempre um fator de descontração quase como se estivéssemos a ver desenhos animados. A violência é levada a um extremo que deixa de parecer real. A forma como o sangue esguicha,  jorra e os corpos saltam tem sempre uma ligeireza de irrealidade o que ajuda pessoas mais impressionáveis, como eu, a seguir a narrativa sem ter que estar sempre a fechar os olhos. Apetecia-me ficar aqui a desbravar algumas cenas mas na verdade, nada chegará perto de irem, já hoje, e aproveitando os descontos de segunda feiram, ver Django! Não se pode perder!

Photo from my Instagram

DJANGO UNCHAINED

 In English

Django Unchained is without a shadow of a doubt the best movie I’ve seen since Tarantino’s classic Pulp Fiction. Prepare yourself for 2:45 minutes that fly like it’s 15. I am not exaggerating! – The film is great in every aspect. The script is wonderful. Tells us about racism in a southern retrograde America in the late nineteenth century, while also tells a story of courage, bravery, love and second chances. But in fact, it is even more. It is the result of an extraordinary cast a perfect story, amazing characters, fabulous performances. Although it is difficult to chose which one the best, Chrisloph Waltz is undoubtedly the star of the plot once again to shine in an indisputable way in a Tarentino movie. As always in a movie by this director we are treated to a great soundtrack. The movie is epic! – I laughed more times than I imagined! Even during the most violent scenes, there is always a cool factor, almost as if we were watching cartoons. Violence is taken to an extreme that no longer seem real. The way the blood spurts, and bodies bounce always has a lightness of unreality which helps more impressionable people, like myself, to follow the narrative without always having to be with eyes shut. I could start describing some of the scenes, but really, nothing will come close to going, today, and taking advantage of the Monday discounts, watch Django! You shouldn’t miss it!