De volta à realidade…

Abril 1, 2015 in GLOBETROTTER

Megève 2015

De volta à nossa querida terra e a esta primavera de sonho! E sim, apesar de ter estado trancada em casa desde que cheguei, afaga-me a essência sentir este nosso sol a entrar pela janela.

Lembram-se de vos dizer que, depois da obra no sótão, tinha ficado com vontade de fazer algumas alterações no resto da casa?! Pois… aconteceu! Ou, melhor dizendo… começou! Aproveitei esta semana em que estivemos fora para começar pela parte pior… afagar e envernizar o soalho de madeira no primeiro andar, onde, por acaso, está o meu quarto. Achei que uma semana seria suficiente para encerrar os trabalhos e foi efetivamente mas, infelizmente, o cheiro que a nossa casa tinha quando abrimos a porta no domingo era forte suficiente para aplicar grandes mocas em veteranos do Casal Ventoso. E não, não estou a exagerar. Valeu-nos a corrente de ar que conseguimos provocar com todas as janelas e portas abertas durante o dia mas à noite, mesmo assim o nosso quarto estava impraticável para consumo.

Somem uma casa “envenenada”, muitas correntes de ar a uma proprietária que já vinha constipada. O resultado não podia ser ótimo … Mas pronto, a coisa está a melhorar. Nada que uns chazinhos, uns Brufen 600 e uns Rinialers não curem. O pior é que eu odeio tomar remédios… Mas quando somos “encostadas à parede”, não há cá frescuras holísticas… Quando a coisa aperta a malta lá engole uns químicos e espera que a coisa faça efeito… e rápido de preferência.

Por isso amigas, o regresso não foi fácil mas a barriga veio cheia de tudo de bom. Nem me fica bem estar para aqui com lamechices…

Quem segue a minha conta de INSTAGRAM sabe que tentei ser assídua para compensar a “porta fechada” aqui no blog.  E hoje deixo aqui mais alguns  Instamoments que retratam tão bem esta semana de família, descanso e boa vida.

Como dizem, e bem, os meus filhos, “o que a mãe gosta mesmo é do apré-ski”. Não deixam de ter alguma razão, mas o que eles não sabem é que aqueles almoços na montanha me sabem pela vida, porque tudo o que os antecede e precede é tão especial que acaba por ser a moldura perfeita para momentos de pura felicidade. A verdade é que eu adoro todos os bocadinhos destas férias. Não posso dizer que a gastronomia não é uma parte importante porque estaria a mentir… come-se muito bem naquela terra. Mas não há nada como uma manhã passada na montanha em boa companhia…. nunca serei uma craque no ski mas adoro ser uma medrosa que se supera. Gosto de ultrapassar os meus medos e gosto também da vista, do ar puro e  daquele som tão característico das pistas. O som do silencio. Silencio foi a palavra que me acompanhou em tantos momentos destas férias… apesar das crianças, das conversas, do vin chaud, das gargalhadas e de toda a azafama que envolve esta semana na neve… ficou-me a nostalgia do silencio, de tantos pensamentos que me acompanharam e das músicas que fui ouvindo na minha cabeça. Não houve um dia em que não tivesse agradecido muito ao universo o privilégio de poder estar ali… naquele lugar que eu adoro, na melhor companhia do mundo. Principalmente porque sei que qualquer um deles gosta mais deste programa que eu… São sempre umas férias muito especiais!

Megève 2015

beijinhos