Let them know it’s Christmas time!

Novembro 8, 2017 in MY DESIGNS, MY WORLD OF INTERIORS

Natal 2017

Eu sei…. ainda não é bem Natal, mas na nossa casa, muitas vezes, as decorações festivas chegam mais cedo… Faz parte da profissão. Fiz uma parceria com a marca deBorla e o entusiasmo aumentou exponencialmente quando fui à loja no Sintra Retail Park na semana passada e percebi que se em Portugal existe uma Little-Lapónia, aquele é o lugar. São corredores e corredores de decorações de Natal. O difícil é mesmo concentrarmo-nos e limitarmos a escolha ao  essencial… Mas acho que fiz algumas boas escolhas!

Natal 2017

Tentei manter alguma simplicidade aliada ao verdadeiro espírito natalício que, na verdade, consegue-se  sempre melhor usando as cores tradicionais. Como a nossa sala já tem muitos elementos verdes na decoração, bastou adicionar o branco e encarnado para criar todo o ambiente de festa. Na verdade quando estava a escolher as velas, comecei por achar que ia apenas comprar velas brancas (como sempre) mas  acabei por encontrar velas encarnadas e cor-de-rosa e achei que o rosa podia ser um bom complemento para cortar tanto encarnado.  Ou seja, comecei pelas velas e depois complementei, muito discretamente, com  algumas flores e com os pratos rasos de cheveron.

Natal 2017

Quem me conhece sabe que não há festa sem flores e o Natal não é exceção… Adoro ir à praça, compro as flores sem grandes ideias pré-concebidas e depois em casa acabo por criar os arranjos sem plano de instruções … Na verdade os arranjos que faço têm sempre um ar muito pouco profissional mas são meus, feitos com este amor e esta paixão que tenho por flores.

Para a semana muito provavelmente os arranjos serão diferentes e com estas pequenas mudanças vamos renovando a imagem decorativa até ao dia dos reis, para não se tornar cansativo para todos.

Natal 2017

_DSC2679

_DSC2681

Natal 2017

Natal 2017

_DSC2732

Natal 20017

Natal 2017

Por outro lado, a árvore de Natal irá manter-se intacta até ao ultimo dia, uma vez que é artificial, aliás como quase todos os anos cá em casa, porque desde sempre tentamos ter uma consciência ecológica e ambiental sobre o negocio dos pinheiros, dai que apesar de ter saudades do cheirinho de pinheiro cortado, me contente com estes sucedâneos. Adorei este pinheiro em particular.

De toda a oferta que encontrei da loja deBorla, a melhor que já vi de Natal nos últimos anos em Portugal, acabei por escolher estas Candy-Canes enormes como elemento decorativo principal da árvore. A partir daí, as bolas lisas encarnadas, às riscas, bolinhas e flocos de neve brancos acabaram por vir como complemento.

Voltei a esquecer-me de comprar uma estrela para colocar no topo da árvore, que tem sido um pedido da Clarinha nos últimos anos. Mas até ao Natal ainda tenho tempo de lá voltar. Na deBorla há estrelas de várias cores e tamanhos… para todos os gostos, na verdade. Seja como for, acho que compensei com os veados brancos….

Natal 2017

Natal 2017

_DSC2717

_DSC2719

Natal 2017

 

Das peças decorativas que escolhi na loja deBorla as que mais gostei foram, sem duvida, os soldadinhos quebra nozes e a casinha encarnada que coloquei na consola  do hall da entrada. Acabo por ser atraída, quase sempre, pela linguagem mais inocente ou mesmo infantil que certos elementos natalícios têm. Talvez por me fazerem voltar à minha essência, às memórias da minha infância e ao que realmente importa no Natal…

Natal 2017

Natal 2017

_DSC2752

_DSC2753

Natal 2017

_DSC2759

Natal 2017

Natal 2017

 

Natal 2017

Espero que tenham gostado e que se tenham inspirado! Acho que não sobram dúvidas que as peças escolhidas e usadas nesta decoração são da loja deBorla, por isso caso tenham gostado de algum objeto em particular, visitem o site da marca e procurem a loja mais perto. Garanto-vos que será uma ótima experiencia, não só pela oferta mas também pelos preços, que fazem jus ao nome da marca! ; )

 

Se quiserem ver todo o catalogo on-line da marca sigam este link [AQUI]

#OMelhorNatalDeSempre

beijinhos

A nossa cozinha nova

Outubro 20, 2017 in MY DESIGNS, MY WORLD OF INTERIORS

Cozinha MB

Já vos devia este post há algum tempo, não é verdade?! O facto de andar muito pouco ativa aqui pelo blog não terá ajudado, mas, como diz o ditado, mais vale tarde que nunca, e hoje partilho convosco fotos da nossa cozinha que mostram bem como ficou diferente depois da reforma que fizemos há uns meses.

Muito importante lembrar que continuámos a viver em casa durante as duas semanas em que a obra durou e sobrevivemos, inclusive a 2 ou 3 dias sem caldeira. O que podia ter sido um total incomodo acabou por ser (quase) uma aventura divertida… fizemos o reconhecimento de todos os restaurantes da zona e abusámos da boa vontade e hospitalidade da nossa vizinha Mafalda, onde a Clarinha tomava grandes banhos e onde passámos alguns serões bem divertidos.

As principais razões que me fizeram querer renovar a cozinha foram, em primeiro lugar, o seu aspeto já ligeiramente outdated, depois o facto de alguns eletrodomésticos começarem a dar sinais dos tempos (ao fim de 15 anos de muito uso é normal) e porque um ano antes tínhamos renovado as áreas sócias e a diferença que se sentia na transição dos espaços era quase incomoda, pelo menos para mim.  De um momento para o outro, livrar-me daqueles azulejos verdes e armários verdes, tornou-se mais que imperativo. E pronto, assim aconteceu!

Cozinha MB

A maior diferença do lay-out anterior para o atual, foi a inserção de um móvel ilha que foi uma ajuda preciosa para tornar a cozinha mais prática. Há 16 anos quando desenhei a primeira cozinha achei que ter uma area aberta sem moveis ia dar jeito para tem tinha um bebe acabado de nascer e a verdade é que aquele chão, ao longo dos anos, viu muito triciclo, skate, patins e muita brincadeira…  por isso acho que a escolha que fiz na altura terá sido acertada.

Cozinha MB

A nossa placa de fogão anterior tinha dois bicos de gás e dois de indução que eu, literalmente, nunca cheguei a usar por isso desta vez assumi que sou mesmo old fashioned nestas coisas e encomendei uma placa preta com quatro bicos de gás à moda antiga.

O suporte e os utensílios de cozinha pendurados na parede são os originais que tenho há 16 anos. Da marca Rosle. Na altura foram caros, mas percebem como se pagaram a eles próprios?! Impressionante a qualidade…

Cozinha MB

Optámos por um lava loiça de uma única cuba e a torneira tipo peixaria foi o unico requisito do Rui para esta nossa cozinha, por isso, não foi sequer uma questão. Tinha mesmo de ser assim! Ele ficou contente e, na verdade, eu também porque estas torneiras são muito práticas.

Cozinha MB

Cozinha MB

Neste canto tínhamos um armário despenseiro com gavetas “tipo farmácia” e não vos posso explicar o que aquelas gavetas já me irritavam. Fiquei feliz de ter estas prateleiras onde colocamos cestos… de fruta, legumes, pão… o que for… Estão ali à mão, de fácil acesso, como eu gosto. Aquela arca da coca-cola é original o foi um presente da minha família americana da AFS por isso é daqueles cromos que terá sempre de ficar pelo valor sentimental.

Cozinha MB

Sim, é verdade… etiquetei quase tudo o que havia para etiquetar, mas ainda tenho um longo trabalho pela frente… ; )

Cozinha MB

Os azulejos pretos e brancos têm uma medida maior que os azulejos normais. São 20×20 e apesar de parecem muito simples não existiam no mercado pelo que foram feitos por encomenda para este projeto e resultaram lindos. Foi a decisão que mais me custou fazer e a que mais gostei no final.

Cozinha MB

Cozinha MB

As prateleiras e bancadas de madeira envernizada foi uma encolha fácil porque durante anos foi assim na cozinha anterior e eu gosto do contraste meio rústico da madeira com a superfície clean dos armários lacados.  Acho acolhedor, gosto do tato da madeira e a ultima coisa que queria era ter uma cozinha com um ar cirúrgico ou de clinica como agora brotam por aí como cogumelos. Tinha vontade de ter armários brancos, é uma realidade, mas também não queria ter uma cozinha com ar minimalista.

Cozinha MB

Cozinha MB

Mantive o forno e micro-ondas exatamente onde estavam os anteriores. A maior diferença é que este micro-ondas da AEG também acumula as funções de forno e é tão eficiente que muitas vezes acaba por ser aquele que uso mais vezes. Na verdade tenho a conveniência de ter dois fornos quando quero fazer um bolo ao mesmo tempo que um prato de forno e nesta fase em que ando super entusiasmada com a “arte” da culinária, tem provado ser muito útil!

Cozinha MB

Neste alçado criei o que chamo, a estação dos pequenos-almoços, onde tenho sempre à mão quase tudo para preparar os nossos pequenos almoços de todos os dias e onde tenho em exposição a minha máquina de café DéLonghi que adoro. Parece um brinquedo… é linda e faz-me o melhor café todas as manhãs!

Cozinha MB

Cozinha MB

Acabei por comprar também uma torradeira nova. Escolhi a Kenwood com vários programas especiais… pão de forma, bagel, croissant e baguete. Aconselho. Não tivemos mais torradas queimadas cá em casa!

Cozinha MB

Troquei o frigorifico anterior por uma versão atualizada mas muito semelhante da AEG. Quando nos habituamos a ter uma máquina de gelo e agua filtrada, é difícil abdicar. Este frigorifico tem uma particularidade muito simpática que é uma porta para bebidas. É pratico, poupa energia e é amigo do ambiente.

Cozinha MB

A copa, onde fazemos maior parte das refeições quando só estamos os quatro, é uma pequena area que adoro porque é prática e, por ter uma decoração ligeiramente diferente, torna o ato de fazer uma refeição na cozinha, tão mais civilizado.

As cadeiras e a mesa são as mesmas da decoração anterior. Na verdade as cadeiras são originais Vitra e sim são as mesma há anos sem fim. A mesa é da IKEA, igual à mesa anterior, mas esta é nova porque a outra já estava mais para lá do que para cá. Adoro esta mesa deve ser das melhores compras da IKEA…

Cozinha MB

Cozinha MB

Este papel de parede tão Beverly Hills Hotel style é assim a carta mais fora do baralho de toda a cozinha. Eu sei, ou se odeia ou se adora. Eu, claro, estou no Team LOVE… mas também não vou ficar muito atrapalhada quanto me fartar. São só dois rolos de papel. Troca-se. Alias a cozinha acabou por ficar tão neutra que se eu não trouxesse um elemento fun para a decoração, nem seria eu. Assim, fica definitivamente, com a minha assinatura.

Cozinha MB

Cozinha MB

Para quem não conhece, esta é a Kate Moss a nossa Jack Russel que, apesar dos seus 9 anos, continua quase tão doida como no dia em que veio cá para casa… E sim, a cama dela está a altura da nova cozinha. Ela merece!

Enfim, espero que tenham gostado. Se tiverem perguntas deixem-nas que tentarei responder. Vou deixar-vos o contacto do fabricante de cozinhas [ PORTAS E GAVETAS ] que fez não só esta mas que tem sido meu parceiro em vários projetos ao longo dos últimos anos. É nacional, competente e cumpridor nos prazos de entrega e montagem. Quem quiser pedir um orçamento para renovar a cozinha, aproveite esta campanha que estamos a fazer em parceria e use o código MBHome no ato do pedido. As minhas leitoras beneficiarão de um desconto de 10%. Elas já têm um preço bastante acessível, desta forma fica irresistível. Eu sei, sou querida! Aproveitem!!

PORTAS E GAVETAS
Av. 25 de Abril, lote 2, loja 1 – 2400-265 Leiria
tel: +351 244 837 890
Telemóvel: +351 939 087 320
portasegavetas@hotmail.com

WWW.PORTASEGAVETAS.PT

beijinhos

 

#TBT – My Hall as it was, Before

Agosto 4, 2016 in #TBT, MY DESIGNS

Maria Barros Home Hall ANTES

Maria Barros Home Hall ANTES

Para quem não se lembrava, o meu Hall na sua segunda versão era assim… Confesso que ao fim de um ano, já nem eu me lembrava bem como era…

Sempre adorei esta decoração. Era muito gráfica, tinha imensa personalidade… mas, confesso, que vendo agora em comparação, prefiro muito mais a versão atual. É bom sinal!

beijinhos

My Happy (Tropical) Home

Agosto 1, 2016 in MY DESIGNS, MY WORLD OF INTERIORS

DSC_6082

Ui… esta reportagem já estava prometida há algum tempo…

Como alguns de vocês se devem lembrar, depois de ter mudado a Clarinha e o Salvador de quarto e de ter feito aquela pequena obra no sótão, nasceu-me uma vontade, que foi crescendo, de remodelar outras divisões da casa. E assim fui fazendo… No verão passado acabei por re-decorar o primeiro andar, transformando o antigo quarto do Salva, num Escritório/Quarto de Visitas e lavei a cara ao meu Quarto e Quarto de Vestir que ficaram mais românticos, vestidos com cores suaves e acolhedoras. Depois, mas ainda no verão passado, mudei a Sala de Estar/Jantar, Lavabo e Hall. Acabei por deixar o pior para o fim… que era a Cozinha e as Casas de banho. Ainda não tive coragem acreditam!? Tudo tem sido a desculpa perfeita para adiar a obra mais um mês… e é assim… isto de adiar, depressa transforma um mês num ano e foi o que aconteceu. Ainda tenho essa missão por cumprir e não quero chegar ao fim do ano sem que aconteça por isso tenho mesmo de pôr mãos à obra!

Há pouco tempo, trouxe a Teresa cá a casa e tirámos estas fotografias que hoje vos mostro. O meu Hall que tinha uma papel gráfico preto e branco passou a esta selva urbana. Este papel de parede que ficou eternizado pelo Beverly Hills Hotel, continua a ser um dos meus papeis fetiche. Adoro ainda mais agora que, finalmente, o tenho na minha casa!

Na verdade a mudança não foi assim muito grande. Mantive a mesma consola que tenho desde que viemos para esta casa. As cadeiras, agora forradas com este tecido de palmeiras também são da primeira decoração, ou seja, têm já conosco 15 anos. Foram pintadas e troquei o tecido. Não mudei o pavimento porque ainda adoro este mosaico hidráulico que escolhi no inicio da construção da casa. A sanca já era preta e assim ficou e as lanternas de teto também são as mesmas desde sempre.

A maior mudança foi feita na substituição da guarda de escada e na aplicação de moldados. Um generoso espelho, planeado à medida da consola, tornou o hall visualmente maior.

O candeeiro girafa é a “pièce de résistence”, a peça mais divertida e com mais personalidade que acaba por dar um toque irreverente a uma decoração aparentemente “certinha”. Adoro!

DSC_5856

DSC_5883

DSC_5868

DSC_5866

DSC_5859

DSC_5858

DSC_5885

DSC_5920

DSC_5868

DSC_5893

Defendo sempre que o Hall deve ser o cartão de visita da nossa casa. É aqui que podemos criar o mood, arriscar, dizer o que somos, como somos… Este Hall sou eu, somos nós! Definitivamente tem a nossa onda, o nosso vibe and I like that!

Espero que vocês também tenham gostado e se tenham inspirado para remodelações futuras! Diga-me o que acharam. Melhor ou Pior que o anterior??

beijinhos

 

DSC_6075

Welcome Spring!!

Maio 19, 2016 in MY DESIGNS, MY WORLD OF INTERIORS

_DSC7589

Como tinha ficado prometido, aqui estou eu para vos mostrar o meu Alpendre em versão Summer 2016.

Quem me vai seguindo e lendo, sabe que de todos os espaços da minha casa, acho que este acaba por ser aquele em que passo mais tempo durante os meses quentes, por isso sempre fiz questão de me rodear de peças que gosto e de todas as comodidades necessárias para que todos estejamos confortáveis e felizes no nosso jardim.

Adoro almoçar no alpendre e adoraria também jantar muito mais vezes não fossem as noites de Cascais serem, quase sempre, frias. Mas naquelas raras noites de calor, não tenham uma duvida… é lá que me vão encontrar.

Num mesmo espaço, consegui encaixar uma zona de estar, de refeições, uma area de apoio, e ainda uma zona de espreguiçadeiras para podermos apanhar ao sol.

DSC_6515

DSC_6522

ALGUMAS DICAS SOBRE ESTE ESPAÇO EXTERIOR

  1. A Consola, o Espelho e até o Sofá são peças que inicialmente estiveram no interior de casa e depois acabaram aqui. Pintados com tinta resistente a exterior, ganharam uma nova vida e têm resistido perfeitamente às agruras do tempo.
  2. As novas cadeiras são todas laváveis e empilháveis. Não podia ser mais prático!
  3. Tenho um cabide para pendurar as toalhas que usamos na piscina e prefiro sempre ter Fautas porque secam com mais rapidez. De qualquer forma guardo sempre algumas toalhas turcas brancas de reserva para quem chegue desprevenido.
  4. Os colchões das esperguiçadeiras são forrados com capas de tecido turco branco para máximo conforto
  5. Tenho também sempre matinhas de reserva para as tardes e noites mais frias. (Na fotografia podem vê-las nas espreguiçadeiras. Adorei estas de riscas da IKEA)
  6. Acho importante ter um ponto de luz elétrica mas a luz que mais gosto no jardim é a luz das velas. Tanto nas mesas de apoio como na mesa de refeições.
  7. Adoro os meus canteiros, que eu própria plantei no verão passado com a preciosa ajuda do meu querido marido. Durante muitos anos deleguei essa tarefa a empresas de jardinagem e por qualquer motivo as plantas acabavam todas por morrer porque eu nunca lhes dedicava a atenção devida. Como eu não me envolvia emocionalmente a coisa não fluía. No verão passado, um dia fomos à IKEA e viemos carregados de plantas. Passámos uma tarde a mudar a terra aos vasos e a plantar cada planta com a atenção que merecia. Penso que por isso ainda vivem felizes nos quatro canteiros que separam o nosso alpendre do jardim.
  8. A  mesa de refeições pode ser a grande protagonista de um espaço exterior. As melhores memórias, as melhores conversas e as gargalhadas da vida… estão quase sempre associadas a uma bela refeição. À família reunida à volta de uma mesa. A amigos que se juntam para beber uma sangria ou simplesmente para celebrar a vida. Adoro ir decorando a minha mesa de formas diferentes e confesso que acaba por ser aqui que, mudando o serviço, os acessórios e os centros de mesa, de uma maneira simples, menos dispendiosa e fácil conseguimos lavar a cara de espaço, dar-lhe uma nova identidade. Uma mesa, muda totalmente o vibe da decoração e isso agrada-me!

DSC_6552

_DSC7828

_DSC7618

_DSC7580

_DSC7802

 

Alpendre

_DSC7793

_DSC7796

_DSC7610

DSC_5847

_DSC7810

_DSC7812

_DSC7811

Alpendre MB Home

Como se devem lembrar, a ideia para este post começou com uma ida minha à Ikea que inicialmente era apenas para comprar plantas e renovar os canteiros mas que acabou, por força das várias tentações, numa bagageira atulhada com um monte de peças lindas e que ajudaram neste resultado final. Porque é nos detalhes que está a magia, quase sempre, deixo-vos com a minha Lista de Favoritos. Espero que seja uma inspiração para fazerem com as vossas varandas, jardins e alpendres o que eu fiz com o meu… Uma preparação intensiva para a Primavera.

As Minhas Escolhas IKEA

 

1. Tecido a metro IKAT – Sommar 2016

2. Copos de papel Sommar 2016

3. Prato Marcador Riscas pretas e brancas Tickar / Prato Raso turquesa Fragrik / Tigela Sommar

4. Jarro de vidro com tampa IKEA 365

5. Guardanapos de papel Sommar 2016

6. Musa Banana

7. Tabuleiro Sommar 2016

8. Vaso com suporte Socker

9. Faqueiro Skuren

10. Garrafa de Mesa com tampa IKEA 365

Se quiserem ver toda a Coleção de Verão sigam o link [AQUI]

Espero que este post vos tenha inspirado e deixado com vontade de tardes de sol, jantares al’fresco, horas de leitura numa sombra escondida, conversas com cerejas ou cerejas com conversas, olhar as estrelas abraçadinhos a quem mais gostam … seja o que for que vos der mais prazer, abram as portas e deixem este ar entrar… a Primavera chegou!!

beijinhos

Volta Primavera, tás perdoada!

Maio 17, 2016 in MY DESIGNS, MY WORLD OF INTERIORS

Alpendre Maria Barros Home

[Mesa de Exterior “vestida” para a Primavera pela IKEA  – AQUI ]

Uma vez lí em qualquer lado que se nós queremos muito uma coisa na vida, temos de criar espaço para ela. Para ilustrar a sua ideia com uma imagem facilmente assimilável, o autor dava o exemplo de um amigo seu que vivia a dizer que queria ter um Porsch mas tinha uma garagem atulhada onde cabia, com alguma dificuldade, apenas e só, a mota que usava para se deslocar. Então o autor explicava que muito provavelmente o Porsch nunca chegaria a uma casa que não tinha espaço para o receber. O amigo depois de devidamente instruído pelas formulas mágicas da Lei da Atração, limpou a garagem, fez espaço para o Porsch e no ano seguinte lá se deu o milagre da aparição automobilística.

Isto para vos explicar que, no fim-de-semana passado foi então isso que eu decidi fazer no meu Alpendre. Fiz espaço para o milagre acontecer. Chamei a Primavera com todas as minhas forças! E, de uma estranha forma, parece que isto se está, finalmente, a compor. Será que resultou?!

Comecei por dar uma grande limpeza para tirar as teias do inverno, substituí algumas plantas que não resistiram às agruras do frio e trouxe alguns novos elementos para a decoração existente para lhe dar um toque Summer 2016! ; )

(Eu sei que estou aqui um bocadinho em falta com vocês em relação ao up-date nas remodelações que fui fazendo em casa ao longo do ultimo ano. E sim, o alpendre também sofreu alguns ajustes no verão passado, tal como a sala e hall. Como nunca tinha chegado a partilhar fotos, esta minha chamada da Primavera, até acabou por ser uma boa desculpa para registar o momento).

Por isso amigas, esperem duas coisas esta semana… 1 – Um post mais decente e completo sobre o meu alpendre primaveril . 2- Pelos dias de sol e calor que todas merecemos!

E vocês? Já fizeram espaço nas vossas casas, alpendres, varandas e jardins para a PRIMAVERA? – Se não, digam-me…. Estão à espera de quê?! – Tudo de vassoura na mão a limpar os restos mortais do inverno se faz favor!

beijinhos

 

 

As Virtudes do Rei D. João VI

Janeiro 27, 2016 in IN THE PRESS, MY DESIGNS

Costa Nova As Virtudes do Rei D. João VI

Lembram-se do serviço Costa Nova que personalizei para o evento Natal do Palácio? Chamei-lhe As Virtudes do Rei D. João VI e cada um dos 12 pratos representava uma virtude deste nosso rei. Da Justiça à Gratidão, passando pela Amabilidade e tantos outros importantes valores, este serviço tem a capacidade de nos inspirar a sermos melhores. Na noite de Natal, o programa da Passadeira Vermelha, da Sic Caras, teve uma edição especial com alguns convidados que se foram juntando a uma “amena cavaqueira” ao sabor de doces típicos da época e à volta de uma mesa festiva. Eu estive lá e hoje deixo-vos o video, onde podem ver a mesa com uma decoração bastante mais descontraída apesar de ter usado o mesmo serviço. Desta vez recorri à loja Cerâmicas na Linha, da qual já vos falei em ocasiões anteriors, para ir buscar algumas peças mais rústicas que funcionaram na perfeição com a Costa Nova. No fundo, duas abordagens completamente diferentes mas com uma inspiração comum… Espero que gostem!

Para saberem mais sobre a marca Costa Nova, fabricante nacional de grés fino vejam o site [aqui]. E para verem as novidades da Cerâmicas na Linha, a loja que vende loiça ao Kg, espreitem a página deles no Facebook [aqui], quem não conhece vai gostar! beijinhos

All I want for Christmas is… Peace!

Dezembro 22, 2015 in MY DESIGNS

Maria Barros e a sua peça

Este Natal fui convidada pela Global Press e Hotel Intercontinental Estoril para fazer uma peça conceptual que retratasse o espirito de Natal. Chamei-lhe a “Coroa da Paz”. Não é mais que uma simples coroa de ramos de pinheiro, mas que, na sua simplicidade, pretende retratar a paz através de um simbolo universal. Sem adornos nem luzes… Básica e acessível, como a Paz devia ser!

Aproveito para vos desejar um Natal de Paz! Se todos promovermos a Paz à nossa volta, com pequenos gestos de amor e misericórdia, teremos um pequeno mundo melhor. E são os muitos “pequenos mundos melhores” que criam um global sentido de Paz e Entendimento!

Este ano convido-vos a fazerem as pazes com os fantasmas do passado e as nódoas que vão manchado o vosso pano para viverem um Natal completo, inteiro e carregado de alegria!!

Paulo Morais, Tim Madeira, Mari a Barros e Fernando Hipólito

Se vierem ao Estoril não deixem de passar no Hotel Intercontinental (antigo Hotel Atlântico) para verem estas “arvores de natal” conceptuais. Para além da minha Coroa da Paz, estão também em exposição peças da autoria dos Arquitetos Fernando Hipólito, Arquitetamos e do artista plástico Tim Madeira. beijinhos

Entrevista Revista Caras

Dezembro 18, 2015 in IN THE PRESS, MY DESIGNS, MY HAPPY SELF

No ano passado, por esta altura, dei uma entrevista à revista Caras que nunca cheguei a partilhar convosco. Por ser Natal e porque esta produção ter ficado especialmente querida (por ter tido a companhia da Clarinha) decidi, hoje, deixar aqui este texto e imagens carregados de espírito  Natalício. Espero que gostem!

MariaBarros Natal Revista Caras

Foi num dia chuvoso de inverno que Maria Barros, decoradora de interiores, nos abriu as portas do seu ateliê em Cascais. Casada com Rui Hipólito e mãe de dois filhos, Salvador, de 13 anos, e Clara, de dez, revelou à CARAS que é uma mulher feliz, completa e que a família está acima de qualquer coisa na sua vida.

– O Natal é uma época especial para si?
Maria Barros – Para quem tem filhos, o Natal torna-se ainda mais especial, por eles. Criam-se boas memórias, tiramos muitas fotografias, fazemos filmes e abrimos sempre os presentes só os quatro. Dispenso a abertura dos presentes em família, gosto mais de passar um bom serão a conversar e a jantar e aproveitar a companhia das pessoas, mas este Natal vai ser diferente, pois vamos os quatro para o Brasil. Nunca passámos a noite de 24 fora de Portugal, os meus filhos estão muito entusiasmados!

– Costuma mimar muito os seus filhos no Natal?
– Mimo imenso os meus filhos, mas acho que dar-lhes de­masiados presentes não é neces­sariamente mimar, acho que é quase estragar. Não quero que eles cresçam sem saber dar o verdadeiro valor às coisas, por isso nunca fomos de esbanjar, nem no Natal nem no resto do ano.

– Como é a sua relação com cada um deles? Acredito que ter uma rapariga e um rapaz seja muito diferente…
– É muito diferente. Apren­demos muito sobre o outro sexo quando temos um filho do outro sexo, o Salvador desmistificou imensas coisas sobre o sexo masculino que eu não sabia. Quando se tem um filho rapaz há todo um universo que se abre e tu pensas: “Ah! Se eu tivesse sabido isto antes!” [risos]. Com as meni­nas é quase um reviver de nós próprias, dá-me uma satisfação enorme que ela seja um espelho do que eu já fui em criança, é muito engraçado, apesar de eu não lhe revelar isso. É bom vê-la
a dizer e a pensar coisas pelas quais eu já passei.

– E é uma mãe controladora, impõe muitas regras?
– Não, sou mais relaxada por natureza, mas tenho a sorte de o meu marido ser mais rígido e impor bastantes regras, por isso, acabamos por equilibrar as coisas, mas somos os dois da opinião de que as crianças precisam de regras para se sentirem seguras.

– Põe sempre a família em primeiro plano?
– Sempre, e tenho a sorte de o meu trabalho me permitir ter tempo para os meus filhos, sempre geri a minha vida de forma a poder estar com eles, é uma coisa que me dá paz, saber que lhes dou atenção e sou uma mãe presente.

– Além de ter dois filhos, que adora, e uma profissão que a completa, mantém um casamento feliz há mais de dez anos. Qual é o segredo?
– Acho que é saber ceder, é pensar sempre que não vamos mudar a outra pessoa, porque no fundo nós escolhemo-la pelas características que tinha quando nos apaixonámos. Não existe maior erro do que anularmos o nosso “eu” para agradar à outra pessoa, isso só vai criar frustrações, por isso acho que o segredo é não deixar que cada pessoa deixe de ser o que realmente é.

Para verem o resto das imagem sigam o link [aqui] e para o video [aqui].

Espero que tenham um ótimo fim de semana de véspera de Natal!

beijinhos

Mesas de Natal no Palácio Nacional da Ajuda

Dezembro 17, 2015 in MY DESIGNS, MY WORLD OF INTERIORS

Natal no Palacio da Ajuda

Inaugurou esta 3a feira, no magnifico Palácio Nacional da Ajuda, a exposição – Mesas de Natal no Palácio – onde tive o privilégio de elaborar uma Mesas de Chá de Natal. A Exposição conta com mais duas mesas festivas… A mesa do Almoço de Natal da autoria da arquiteta Cristina Santos Silva e a mesa da Ceia de Natal com a assinatura de Salvador Corrêa de Sá.  Cada um deixou a sua marca muito pessoal neste projeto e as nossas diferenças acabam por ser uma das grandes mais valias desta mostra decorativa. Este projeto foi engendrado e belíssimamente orquestrado pelo meu grande amigo Carlos Pissarra que tem o dom de sonhar com estes eventos e, melhor, a capacidade de os tornar reais com a máxima eficiência e dedicação. E foi tornado possível com a generosidade do atual diretor do Palácio, o amabilíssimo José Alberto Ribeiro, que nos abriu as portas deste extraordinário palácio real onde pudemos dar largas à nossa imaginação sem grandes restrições.

Hoje deixo-vos um curto video com imagens captadas (como sempre) pela lente da minha querida Teresa Aires.

Não deixem de visitar a exposição que abre hoje as suas portas ao público e vai continuar até dia 10 de Janeiro. Espero que gostem e que, de alguma forma, se inspirem para as vossas mesas de Natal!

Convite 15 Dezembro - Palácio da Ajudbeijinhos

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: